sábado, 20 de fevereiro de 2016

Saladas? porque tenho que comer?

Saladas? porque tenho que comer?

A nossa alimentação é muito mais importante e complexa do que simplesmente a ato de levar o alimento à boca. Todo alimento deve ser visto como uma parte de nós. Sendo assim, uma alimentação balanceada traz harmonia e equilíbrio para o nosso organismo. Cabe aí, usar a tão conhecida e famosa frase "Somos o que comemos".

Se quisermos ter uma alimentação equilibrada devemos incluir as saladas em nosso cardápio, pois elas ajudam na hidratação do nosso organismo, são de fácil e rápida digestão e ricas em nutrientes necessários ao nosso organismo.

Existem muitas vantagens de se consumir saladas. Se as consumimos antes dos pratos quentes, sentiremos aumentar a saciedade e isso nos levará a reduzir o consumo de alimentos mais calóricos. Por possuírem baixo teor calórico, contribuirão para a perda de peso. Também encontramos nas saladas as fibras, vitaminas, minerais e energia que ajudam a melhorar o funcionamento do nosso organismo. Além disso, são de preparo rápido e fácil.

O consumo de saladas tem também algumas desvantagens. As saladas preparadas com verduras e legumes com dose alta de agrotóxicos, se não lavados e preparados corretamente, podem causar sérios danos à nossa saúde. Assim como o uso contínuo de legumes enlatados em saladas não são indicados, pois eles contêm quantidade alta de sódio, podendo acarretar em nosso organismo, problemas circulatórios.

As receitas de saladas feitas com legumes enlatados não apresentam a mesma quantidade de vitaminas e minerais que as preparadas com legumes e verduras frescas. Segue abaixo uma lista das vitaminas e os legumes e verduras onde são encontradas:

•Vitamina A – no espinafre, chicória
•Vitamina B – espinafre, berinjela
•Vitamina B6 – vegetais de folhas verdes
•Vitamina B9 – vegetais de folhas escuras
•Vitamina C – alface, tomate, cenoura, espinafre, nabo, repolho
•Vitamina K – vegetais em geral
Nas saladas encontramos também os minerais. Veja alguns exemplos:

•Tomate – potássio, sódio, fósforo, cálcio e ferro
•Repolho – potássio, cálcio e fósforo
•Alface – (Cálcio, fósforo e ferro)
•Espinafre – iodo, enxofre, fósforo e ferro
•Cenoura – fósforo, potássio, cálcio e sódio
•Chicória – cálcio, fósforo e ferro
•Batata – fósforo e potássio
Os temperos são de grande importância nas saladas, sendo os mais indicados os que além de dar mais aroma e aparência, também beneficiam a saúde com os temperos feitos com o azeite de oliva ricos em vitamina E, vinagre que contém poucas calorias, alho que ajuda na prevenção de doenças circulatórias e tem ação anti-inflamatória, orégano e manjericão que possuem propriedades antioxidantes, salsa, rica em betacaroteno e vitamina C e cebola, rica em vitamina A e vitamina B1.

Um ponto a se lembrar é que as pessoas com problemas de gastrite ou úlceras devem evitar o vinagre. Há os temperos que podem tornar uma salada em um alimento calórico como a base de gordura animal, os molhos rosé e tártaro.
Alimente-se bem. Inclua no seu cardápio receitas diversificadas de saladas e veja diferença.

Beijosss!

Nenhum comentário:

Postar um comentário